Consciência através do corpo: um presente das escolas de Auroville

Chegou a hora de compartilhar um pouco sobre um dos principais tesouros da educação que conheci aqui em Auroville. Auroville é uma cidade com tantas iniciativas, tantas escolas, propostas, atividades, que fica impossível conhecer tudo e, se aprofundar então, nem se fala!

Awareness Through the Body, ou ATB, como todos carinhosamente se referem por aqui, pode ser traduzido como ‘Consciência Através do Corpo’. Trata-se de um programa, desenvolvido em 1992 para as escolas de Auroville, com o objetivo de “ajudar as crianças a ampliarem suas capacidades de atenção, concentração e relaxamento, e desenvolverem suas habilidades de auto-consciência e senso de responsabilidade.”

Atualmente o programa é oferecido também para adultos e está presente em todas as escolas de Auroville, em um currículo que vai da pré-escola até o final do ensino médio. Você consegue imaginar o impacto na vida de uma criança, que dos 4 aos 17 anos, é estimulada sistematicamente a ampliar sua concentração, atenção e relaxamento? Posso te dizer que o que vi por aqui é bastante impressionante. O vídeo acima podem te ajudar a ter uma ideia do que estou falando.

img_9546
Imagem retirada do site de ATB

Por meio de uma gama bastante diversa de jogos, materiais e atividades, as aulas de ATB são um sucesso entre a criançada por aqui e ajudam os indivíduos a se conhecerem melhor, a explorarem a complexidade dos seus seres e a harmonizarem toda essa complexidade em alinhamento ao seu ‘eu interior’ mais verdadeiro.

Francesco, um dos educadores de ATB que conheci no Kindergarten, destacou um ponto bem importante sobre a compreensão desse programa. “Repare que não é consciência corporal, é consciência através do corpo. O ponto central é a consciência. O corpo é apenas o meio escolhido para trabalhar a consciência.” E acho que nessa afirmação mora a razão de eu ter sentido que ATB é realmente algo muito especial, e diferente de todas as atividades de ‘consciência corporal’ que eu já havia visto em escolas.

dsc01960
Imagem retirada do site de ATB

O corpo é “só” o instrumento escolhido para trabalhar com as crianças, desde muito novas, a consciência. Consciência de si, consciência do outro e consciência do todo. A palavra “só” merece umas aspas bem grandes, porque não acho que nenhum outro instrumento escolhido poderia permitir este trabalho tão bem quanto o corpo. O corpo é um meio que todos nós temos, é a nossa morada nessa terra e nessa vida. O corpo carrega a função dos sentidos e permite a captura da realidade concreta de todas as coisas por meio dos órgãos dos sentidos. É um elemento de extrema importância para o desenvolvimento humano por permitir a percepção direta e clara da realidade e por ser o meio concreto de relação com o mundo.

img_2642
Imagem retirada do site de ATB

A Psicologia traz o corpo como elemento extremamente importante para o desenvolvimento, sendo o campo onde tudo se expressa e no qual a alma humana se manifesta. São as percepções expressas e sentidas no corpo que, de certa forma, resgatam e manifestam toda a história do indivíduo, do coletivo e da unidade. O psicólogo A. Maslow afirmava que ser humano necessariamente pressupõe a unidade de corpo e alma, a intersecção entre matéria e espírito ou entre matéria e mente. A manifestação de um sem o outro não caracterizaria um ser humano. Algumas filosofias milenares, como o Budismo, já colocavam a exploração das manifestações presentes no corpo como o caminho para a compreensão da Verdade. 

co-ga-octagone-2r
Imagem retirada do site de ATB

Pois bem, é muito bonito ver a forma divertida como isso é trabalhado aqui nas escolas, com materiais lindos e simples, com muita diversão, com muitas novidades toda semana. No ensino infantil, que é o ambiente que frequento aqui, as crianças gostam muito e aprendem a controlar e observar o próprio corpo. No ensino médio, depois de já terem trabalhado isso por tanto tempo, é possível observar os jovens serem capazes de atravessar uma grande sala cheia de obstáculos com os olhos vendados, sem esbarrar em nada (subindo escadas, se pendurando em cordas).

Enfim, é um tesouro muito especial oferecido pelas escolas daqui que fica muito difícil compartilhar em palavras, porque se baseia totalmente na experiência prática. Mas para todos os educadores abertos a trabalhar o corpo como meio de aprendizado e desenvolvimento, eu definitivamente recomendo conhecer um pouco mais!

O site do programa tem algumas informações, ainda que não tão detalhadas (link). Além disso há um livro maravilhoso em inglês, espanhol ou francês (link para livro físico e link para ebook Amazon), inclusive com muitas atividades práticas a serem replicadas em qualquer lugar com diferentes faixas etárias. E a última boa nova é que alguns formadores de ATB estão planejando ir para a América do Sul dar alguns workshops! 🙂 Quem quiser saber mais pode acompanhar aqui.

Inclusive a equipe está com uma campanha ativa no momento para juntar recursos para conseguir se transportar pela América Latina. Toda ajuda é bem-vinda! Se sentir vontade de contribuir acesse o link e deslize a tela para encontrar o texto em português.

Sigamos atentos e íntimos ao nosso corpo. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s